FBF: O dia que eu visitei o Hard Rock (de novo)

- 14 julho 2017 -
Decidi que eu vou fazer alguns flashback Friday das últimas viagens que eu fiz, já queue tinha planos de relatar de forma diária a minha passagem pelo Chile (Sdds, by the way) mas isso nunca foi possível por motivos que ninguém explica, tinha (TINHA, isso em um passado bem passado) a intenção de relatar também de forma DIÁRIA (veja que compromisso!) a minha estadia em São Paulo coisa que nunca aconteceu também por motivos que eu também não sei. Só para constar que os posts não seguirão ordem cronológica, porque minha vida é assim, não segue ordem cronológica HAHAHAHA.



Visitei o Hard Rock Café na véspera da volta para casa, acho que mais como uma despedida de uma viagem que vai deixar saudades (JÁ ESTOU COM SAUDADES E QUERO VOLTAR), estava esperando por filas enormes, pessoas gladiando por um lugar, demora no atendimento, mas o que eu encontrei foi um hard rock bem vazio (INSIRA AQUI A FELICIDADE), com mesas a escolher e um monte de garçons esperando para anotar o seu pedido, bem diferente de Curitiba (não que eu esteja reclamando, porque eu não estou, diria que é apenas uma observação introdutória hahah).

Não sei se foi só impressão minha, mas eu achei o hard rock cafe de Santiago bem menor do que o de Curitiba (mas isso é apenas uma observação minha que tem POUCA ou NENHUMA noção de espaço, só para constar), no entanto achei o hard rock de Santiago melhor servido que o de Curitiba, digo tanto na comida (principalmente as batatinhas), quanto na lojinha já que dessa vez tinha vários pins (LIFE GOALS), e alguns outros artigos bem diferentes (MAS IGUALMENTE CAROS, NOT LIFE GOALS).

Fotos bem tiradas, nós vemos por aqui, sqn

Pedi o lanche vegetariano e até hoje eu me questiono se foi uma atitude certeira da minha parte, digo por motivos de: POR QUE RAIOS COLOCaM ASPARGOS NO LANCHE? SÉRIO? Alguém no planeta terra acredita no potencial do aspargos?

Dessa vez não teve show dos garçons, nem show cover, talvez pelo horário, talvez por não sei o motivo, mas teve Ronnie James Dio, finalmente liberaram o videoclipe do Rainbow in the dark (que provavelmente estava escondido em algum lugar) e MANO, QUE FELICIDADE!

Un fun facta respeito é que eu vou sentir falta do bom gosto musical do pessoal de lá, todos os lugares que eu fui: restaurantes, táxi, uber TODO MUNDO ouvindo músicas anos 80, eu quase tive um treco quando começou a tocar crying in the rain em uma das corridas de Uber.


Saudades / Felicidades a gnt vê por aqui

4 comentários em "FBF: O dia que eu visitei o Hard Rock (de novo)"

  1. eu tenho muuuuuuuuita vontade de conhecer algum hard rock, acho uma pena não ter aqui em sampa, mas espero visitar curitiba em breve e fazer isso (espero que consiga ir em um horário não tão cheio, haha) e que bom que esse de santiago estava vazio, melhor coisa ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena mesmo não ter hard rock em SP :( Se tiver oportunidade de ir para Curitiba, vai sim, você não vai se arrepender (espero que você não pegue um horário cheio hahah)

      Excluir
  2. Hey, Lu!
    Estou apaixonada pelo seu blog <3 eu também não nasci nos anos 80, mas bem que queria hehe
    Você foi ao Chile *-* conta maaaais! gostei do motivo que não está cronológico. É bem autêntico. Também tenho pouca ou nenhuma nação de espaço aushdoasuhdasd e também pediria o lanche vegetariano porque parei de comer carne. MAS ASPARGOS (??) que aleatório :| Eu não acredito no potencial dos aspargos e não tenho vergonha de dizer isso.
    QUERO TANTO IR NO HARD ROCK. Aqui no meu estado non tem, nhomm
    Mas aproveito nos seus posts para conhecer um pouco do lugar que nunca fui :~
    Beeeijos, Ingrid.

    http://www.utopiananuvem.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owww ♥
      Mais uma para o time anos 80 hehehe
      Aspargos, mas gnt quem come aspargos, não é?
      Hard rock aqui no Brasil só tem curitiba, o que é uma pena, né non? =(

      Beijos

      Excluir